História da Arquitetura

Oscar Niemeyer: vida e influência na arquitetura mundial

Oscar Niemeyer: vida e influência na arquitetura mundial – Ao se falar em arquitetura no Brasil, sem nenhuma dúvida um dos primeiros nomes a vir à mente é Oscar Niemeyer. Em termos de história recente em nosso país, Niemeyer foi o arquiteto mais famoso e também um dos mais importantes, tendo projetado diversos trabalhos de peso e influenciado não apenas na arquitetura brasileira, mas também na arquitetura de todo o mundo.

Vida de Oscar Niemeyer 

Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares Filho, mais conhecido como Oscar Niemeyer, nasceu no ano de 1907, mais precisamente no dia 15 de dezembro, na bairro das Laranjeiras, Rio de Janeiro. Casou-se bem cedo, logo aos 21 anos, com Anitta Baldo. Para sustentar a sua família, começou a trabalhar na tipografia de seu pai (Oscar de Niemeyer Soares).

Começou a faculdade de arquitetura apenas no ano de 1929, quando ingressou na Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, quando o curso de Engenharia e Arquitetura ainda eram unificados. O curso foi concluído 5 anos depois, em 1934. Em 1930, Oscar e Anitta teriam a sua primeira e única filha, Anna Maria.

O começo de Oscar Niemeyer na profissão foi tímido, trabalhando como estagiário no escritório de Lúcio Costa e Carlos Leão. Já formado, em 1936, participou de um projeto com um dos arquitetos mais famosos de toda a história, Le Corbusier, o qual estava planejando o então Ministério da Educação e Saúde no Rio de Janeiro, onde hoje se encontra o palácio Gustavo Capanema.

O primeiro grande projeto de Oscar Niemeyer, no entanto, se deu 6 anos após a sua formação. O local era a cidade de Belo Horizonte, que na época tinha apenas 43 anos de fundação. A proposta era projetar um conjunto arquitetônico da Pampulha, um bairro da capital de Minas Gerais que seria um ponto turístico. Contava com um cassino (transformado em museu), restaurante, clube náutico e a Igreja da Pampulha, todas construções em volta da lagoa.

Desde então, a carreira de Niemeyer decolou, fazendo projetos em todo o país. Cinco anos depois, em 1945, voltaria a trabalhar com Le Corbusier. A ONU faria um Comitê Internacional de Arquitetos, os quais seriam responsáveis por projetar a nova sede da ONU em Nova Iorque. O desenho final era uma mistura das ideias de Le Corbusier e Niemeyer.

Como um bom profissional com os seus contatos, Oscar Niemeyer se beneficiou quando Juscelino Kubitschek chegou à presidência do Brasil. Assim,em 1956, JK projetava a construção da nova capital do Brasil, Brasília, que ficaria em Goiás, na região Centro Oeste do país. O plano piloto foi projetado por Lúcio Costa, e várias edificações teriam a marca de Oscar Niemeyer, como o Palácio da Alvorada, o Teatro Nacional e o Palácio do Planalto.

Com o golpe militar de 1964, por ser filiado ao Partido Comunista, Oscar Niemeyer teve de se exilar na França. Fez residência em Paris e participou de vários trabalhos por lá, onde foi o responsável por projetar, por exemplo, o Centro Cultural Le Havre. Retornou ao Brasil apenas 16 anos depois, quando trabalhou no projeto do Memorial JK e o Sambódromo, no Rio de Janeiro.

Brasília, sem dúvidas, é a cidade com maior número de projetos de Niemeyer. Logo atrás vem Niterói, antiga capital do estado do Rio de Janeiro que, por exemplo, conta com o Museu de Arte Contemporânea. O local conta com aspecto bastante futurista e foi inaugurado em 1991.

Oscar Niemeyer ficaria viúvo no ano de 2004, quando sua esposa, Anitta Baldo, com que fora casado por 76 anos, faleceu. Teve ainda um segundo casamento, em 2006, com sua secretária Vera Lúcia Cabreira. Niemeyer faleceu de insuficiência respiratória aos 103 anos, no dia 5 de dezembro de 2011, no Hospital Samaritano de Botafogo. O velório ocorreu em Brasília e o sepultamento no Rio de Janeiro.

Obras mais importantes de Oscar Niemeyer 

Cidade Administrativa de Belo Horizonte

Apaixonado pelas curvas, pelo concreto armado e pelos vãos livres, Oscar Niemeyer tem um estilo definido de arquitetura, que se espalhou por todo o mundo e influenciou milhares de arquitetos. Abaixo uma lista de algumas das obras mais importantes do arquiteto brasileiro:

  • Conjunto da Pampulha, Belo Horizonte;
  • Sede das Nações Unidas, Nova Iorque;
  • Edifício Copan, São Paulo;
  • Casa das Canoas, Rio de Janeiro;
  • Palácio do Planalto, Palácio da Alvorada, Catedral de Brasília, dentre outros projetos em Brasília;
  • Sede do Partido Comunista Francês, Paris;
  • Universidade de Constantine, Argélia;
  • Sambódromo, Rio de Janeiro;
  • Cidade Administrativa, Belo Horizonte;

Veja também alguns dos prêmios recebidos pelo renomado arquiteto Oscar Niemeyer ao longo de sua carreira no Brasil e em todo o mundo:

  • Prêmio Leão de Ouro da Bienal de Veneza, no ano de 1949;
  • Medalha do Mérito Cultural do Brasil, no ano de 2007;
  • Prêmio Pritzker de Arquitetura, em 1988;

O Prêmio Pritzker de Arquitetura, inclusive, é o mais reconhecido no mundo da arquitetura. O prédio que possibilitou Niemeyer a ganhar o prêmio foi a Catedral de Brasília.